2.4.16

De volta aos cachos!

Oi amores, tudo bem?


Post de hoje bem ousado, hehe' quando se diz de cabelo cacheado até fico nervosa, Eu tomei a decisão de voltar aos cachos, não porque está na moda ou algo do tipo, mas porque fui incentivada pelo Kauan e por algumas blogueiras que assisto e me fez animar a ser quem eu realmente sou.

Faço alisamento/progressiva desde meus 12 anos, hoje estou com 20 (faço 21 neste ano ainda), exatamente 8 para 9 anos que faço isso, pensei comigo " Caraca!! quando estiver com 30 anos ou até menos, meu cabelo irá cair de tanta química", isso ficou no meu coração, algo que também me deixou pensativa foi que eu precisava me aceitar exatamente da forma que eu sou, eu gosto do meu cabelo como está, mas ele não é assim, acho que ele necessita desafogar das químicas. coitadinho!.

Estou ainda na primeira parte do processo, onde julgamos ser a mais difícil, é quando seu cabelo fica metade cacheado/metade liso, foi quando decidi ir na Liessa Studio Hair pra ver o que poderia ser feito para soltar os cachos e também sair mais rápido desta fase de metades, ela fez um teste de uma técnica que faz cachos forçados onde está liso e também faz com que os cachos naturais se solte, ficou maravilhoso, bem mais do que eu esperava.

Grava bem o antes em meninas, HAHAHA'


 Nós faremos 3 sessão dessa técnica, a cada 3 meses fazemos uma, ao terminar, o cabelo já vai estar sem química, totalmente natural, cachos soltinhos e tratados. Ah podemos dizer que está técnica tem química? sim! mas não tão agressiva como o alisamento, nada comparado. E também não vou ficar dependente 8 anos da minha vida nela, a partir das 3 sessões, só cuidar e viver livreeeeee!!.

Que montagem péssima, mas é só pra descontrair! kkkkkk'

Bom meninas basicamente é isto, quando fazer a primeira sessão da técnica vou mostrar o resultado, espero que de alguma forma tenha inspirado á você que está em dúvida de voltar com suas madeixas naturais, bora garota! coragem!.                            





     beijinhos amores, bye bye
          Carol Nunes.